domingo, 13 de abril de 2008

de mim me expulso

de mim me expulso

por onde passo
fantasmas
de mim
descolando-se
quem fui
não mais é
a cada dia

de mim me expulso

orlando pinhº d-silva
10042008

4 comentários:

sandra camurça disse...

Parabéns pelo Totex, Orlando. Serei asssídua leitora ou observadora. Tanto faz, né?

Mas me diga uma coisa: você é um tigre de bengala?

Beijos.

orlando pinhº d-silva disse...

de bengala ?
às vezes ...menina! às vezes ...
brigado sandra!
seremos observadores-leitores um do outro.já vou ao refúgio há um tempo e lá me sinto muito bem. no refúgio, e em seus vários outros pontos de fuga,(blogamigos).
beijabraço.

sandra camurça disse...

Só retificando: tigre-de-bengala (faltaram os hífens).

A propósito o tigre-de-bengala da foto acima é muito lindo, menino!

Beijos.

orlando pinhº d-silva disse...

camurça,
muito lindo mesmo
o tigre-de-bengala.
assim que me apareceu, alí, em meio a selva vitual, incorporei-o.
e trouxe-o pra ser o totem da tribo. não por acaso. o acaso só ajudou-me a encontrá-lo.
bjs