segunda-feira, 8 de setembro de 2008

vida vive-se

vida vive-se
no olho do furacão
dissolvendo a opinião

vida vive-se
contra a escuridão
dizendo não à competição

vida vive-se
em ordem com a explosão
da perpétua colaboração

vida vive-se
derrapando na contra-mão
mistério da alma é toda sua incompreensão

vida vive-se
atravessando um mar de poluição
da incentivada amnésia da multidão

desnasço opinião
escapo do turbilhão

se livre sôo são
sou só coração

orlando pinhº d-silva

Um comentário:

sandra camurça disse...

enfim, voltaste. valeu a espera ;-)
beijos.